Sequência Didática – Jogo do Boliche

postagem6

Recebemos da Orientadora de Estudo do PNAIC Cleoci Apª de Oliveira Souza do município de Santa Cecília, uma sequência didática Jogo do Boliche da alfabetizadora Sandra Regina Ribeiro Alves do 2° ano.

O objetivo deste jogo é estimular o raciocínio, a logica e a atenção, incentivando o aluno a memorizar os números. Favorece também o desenvolvimento das habilidades, de observação, raciocínio, julgamento, onde o aluno analisa e interpreta as regras do jogo e ajuda a criança estimular raciocínio e respeitar as regras do jogo.

Estratégias do Jogo: apresentação dos pinos de cores diferentes e seus quatro círculos, cada jogador pega seus quatro círculos e um pino da mesma cor, posicionando-se na frente dos mesmos. Dois alunos jogam o dado, cada dado de uma cor e o primeiro jogador têm que acertar rápido o resultado. Se acertar pode continuar o jogo caso contrario passa a vez e assim sucessivamente ate o primeiro que chegar no ultimo circulo. Pode se falar continhas de mais de menos, metade ou quantidade.

Confira as fotos CLICANDO AQUI.

Programação do seminário final de 2014.

axasa

Relatos de Experiência – Borboletando

bjhyuigrty

Recebemos da Orientadora de Estudos Altéia Elenita Marquezi do município de Ibicaré, um Relato de Experiência da aplicação do projeto “Borboletando” da alfabetizadora Ada Jucemara Bressan Simon.

A escolha deste projeto resultou num contexto de estudo e pesquisas que permitiu as crianças conhecerem como é a metamorfose das borboletas proporcionando um momento de descobertas. Eles iniciaram o projeto com a escolha de um livro “O caso da Lagarta que tomou chá de sumiço”, foram surgindo dúvidas e sugestões sobre a história, com recortes e colagem representaram a história em cartolina; durante a semana foram feitas borboletas de sucata.

Para conferir o material completo, CLIQUE AQUI.

Produção Textual

Postagem!

Estamos socializando o material que recebemos da Orientadora de Estudo do PNAIC  Cleoci Apª de Oliveira Souza; a sequência didática Produção Textual,  foi aplicado pela professora alfabetizadora Sandra Regina Machado Santos.

“Depois da leitura de alguns livros do acervo do PNAIC, da observação deles, da explicação e montagem de um texto coletivo no quadro, partimos para a atividade, isto é, criar um texto ilustrativo usando origamis. Primeiro, cada aluno escolheu um tipo de origamis para fazer, surgiram casas, animais, flores e pessoas, um mais diferente que o outro.”

Como eles ainda não tem domínio dos traços na medida certa, a alfabetizadora Sandra, levou os moldes de quadrados e círculos de diferentes tamanhos para que desenhassem eles no papel, dobradura e recortassem. As alfabetizadoras ajudaram os alunos a confeccionar os trabalhos ou seja, com a instrução dos professores, as criança iam observando as formas que apareciam no origami, a simetria através dos vincos das dobras e ainda aprenderam sobre lateralidade.

Confiram o material completo CLICANDO AQUI.

Sequência Didática – Origami e Kirigami

postagem

Estamos socializando o material que recebemos da Formadora Profª  Maira Kelling Machado; o resultado da sequência didática com Origami e Kirigami aplicado pelos professores Luciane Carla Mai Mumber (1º ano); Ildo Miguel Heinen (2º ano) e Marenise Zeiser Endres (3º ano).

Nesta atividade foi desenvolvida com os alunos do 1º , 2º e 3º ano, trabalhos com Origami e Kirigami. O trabalho com o origami desenvolve a conduta motora, amplia a percepção espacial, do conhecimento do todo e de partes; exercita a  memória breve, de longo prazo, associativa e a própria rapidez para a memória; estimula a curiosidade; provoca o esforço pessoal; estimula a concentração, a precisão, a atenção entre a matéria e a forma do objeto, por isso da utilização dessas artes Oriental.

Você poderá acessar o trabalho completo CLICANDO AQUI.

Sequência Didática – Matemática – Geometria

POSTAGEM!

Estamos socializando o material que recebemos da Professora Rosângela Pedralli, uma sequência didática desenvolvida pela Alfabetizadora, Charlene Hilário Leonor Miguel do município de Criciúma.

A sequência primeiramente começou com um dialogo sobre o jogo da velha tradicional e também, nesse primeiro momento foi sondado quem tinha conhecimento sobre o jogo, alguns já conheciam a história do jogo e assim foi aproveitado para que contassem para os demais colegas da classe. Todos os alunos já sabiam como jogar o jogo no método tradicional, o plano.

Após essa conversação começaram-se a construção do jogo da velha tradicional, no tamanho de uma folha sulfite. Eles dobraram a folha em nove partes iguais e depois enumeraram cada uma, com números de 1 a 9 (Confira o anexo).

Para ter acesso completo a sequência didática, CLIQUE AQUI.

SEQUÊNCIA DIDÁTICA – CONHECENDO E CRIANDO FORMAS GEOMÉTRICAS.

postagem!

Recebemos da Orientadora de estudos, Clenilce Fatima Levulis do município, Caibi  uma sequência didática desenvolvida pela Alfabetizadora, Solange Maria Prior.  Socializamos está produção maravilhosa, para que outros meios de ensino aprendizagem cheguem a todos os municípios  de Santa Catarina, agregando ao PNAIC positivamente.

As atividades a serem realizadas nesta sequência  didática, buscam fazer com que os alunos aprendam e reconheçam figuras geométricas planas, realizando atividades de observação, análise, construção e representação, buscam também, priorizar os direitos de aprendizagem da área de linguagem e matemática. Tendo como objetivo geral, explorar e identificar formas geométricas planas ( quadrado, círculo, retângulo e triângulo ).

Confira a sequência didática completa, CLICANDO AQUI.

Relatos de Experiência – Polo 1, Laguna

DSCN3822

Recebemos da formadora da turma 3, polo Florianópolis, Profª Drª Jilvania Lima dos Santos Bazzo o depoimento da professora Ana Dirce De Vila, Orientadora de estudo do município de Araranguá, que faz parte do Polo 1 – Florianópolis, sob a supervisão da professora Dra. Lilane Maria de Moura Chagas.

“Para que minha fala não fique somente na memória e com o tempo de repente esquecida, registro de forma simples, porém verdadeiro o que foi o PNAIC para mim enquanto orientadora.

Falar do PNAIC é, sobretudo falar de histórias de vidas e histórias vividas a cada novo encontro. Onde sentimentos, angustias e experiências revelaram a identidade de um grupo, que pensava no coletivo, mas era respeitado na sua individualidade.

Falar do PNAIC foi sentir ouvir e falar do cotidiano da sala de aula foi pensar nas possibilidades de alfabetizar letrando no Tempo Certo, mas compreendendo que cada criança tem seu tempo para aprender. Foi Pensar numa alfabetização emancipatória.

Falar do PNAIC foi pensar a escola publica como ela é. Considerando: Quem são os alunos da minha sala de aula? Da minha escola? Em que contexto se encontra?

Falar do PNAIC foi refletir sobre a ilha de inclusão no mar de exclusão. Foi pensar sobre oque é ser ou estar incluído, ou pensar sobre quem são os excluídos e como as pessoas são excluídas quando estamos falando de educação.

Enfim, só fez sentido falar sobre todas as coisas que mencionei porque eu enquanto orientadora acreditei e vivi a formação continuada. Os encontros que realizei com as alfabetizadoras e os relatórios são reveladores do quanto aprendi com as leituras, com as reflexões, com as intervenções realizadas pelas formadoras.

Foi no movimento do ensinar e do aprender que tudo foi possível. Teoria e prática se entrelaçavam no fazer pedagógico. Cada caderno um novo desafio. Vencido pela competência da Equipe de Formadoras, que não mediram esforços para o sucesso do PNAIC na sala de aula, reconhecendo o nosso trabalho enquanto orientadoras.

Pensar no Polo 1- Laguna, é lembrar as quatro turmas 1, 2 ,3 e 4, que quando juntas formávamos uma grande equipe, com um único desejo: “Fazer parte dessa história, sonhando com uma escola mais feliz, mais humana, onde de fato se ensina e se aprende com prazer, com significado, onde se vive intensamente”. E aqui fica o carinho todo especial para cada orientadora e cada formadora que fizeram parte dessa belíssima caminhada que estamos realizando em prol da alfabetização”.

Valeu Formadoras queridas: Ana Cicília, Carla, Cíntia, Gracielle, Iraci, Jilvana, Jussara.

Seminário Fina 2014

Cartaz Seminario 290x135 para web

Estão abertas as inscrições para o Seminário Final do PNAIC.

O Seminário Final de 2014 é obrigatório para os orientadores de estudos e coordenadores locais que necessitam completar suas horas de formação para o recebimento do certificado.

Dada a importância desse evento, são convidados a participar o secretário de educação do Estado e todos os secretários municipais de educação e um professor alfabetizador de cada município como representante de seus pares.

Todos os participantes devem realizar inscrição na aba “Seminário Final”.

Os Cadernos do Salto para o Futuro (Tv Escola)

 

O Coordenador Everaldo Silveira solicitou que divulgássemos; conforme apontou o prof. Carlos Vianna, os cadernos do Salto para o Futuro (Tv Escola), acompanham um programa de TV e foram produzidos em relação de complementaridade com o material do PNAIC. Agora neste segundo semestre de 2014, a agenda é toda de programas de Alfabetização Matemática.

“O material está belíssimo e tem leituras ótimas. Divulguemos aos 4 ventos.”

Sem título

Para ter acesso as apostilas e todo o material da TV ESCOLA, basta clicar na imagem acima.